Blockchain: o livro de registros que tem revolucionado o sistema financeiro


Blockchain é um “livro de contabilidade” público que contém todas as transações Bitcoin. Ele recebe esse nome graças a forma da estrutura das suas informações que se organizam em blocos.

Sua funcionalidade gera inúmeras vantagens, dentre as principais:

  1. Segurança e diminuição da pirataria digital;
  2. A redução de custos financeiros;
  3. Escrituração de propriedades;
  4. Aumento da transparência e veracidade das informações.

Antes de explicar como o sistema o sistema P2P (peer-two-peer, em tradução livre: pessoa para pessoa) é capaz de prover cada uma das vantagens listadas, vamos explicar seu funcionamento.

Para isso, além de uma looooonga pesquisa, conversamos com Douglas Henrique, analista desenvolvedor web e mobile da Agência Open, graduado em análise e desenvolvimento de sistemas e pós-graduado em desenvolvimento para dispositivos móveis.

O que é o blockchain:

Nessa gravura publicada no site da itBit, podemos ver graficamente como se organiza o blockchain:

blockchain organizcao

“Provavelmente é um dos maiores triunfos do sistema bitcoin. Blockchain é livro de registro público constantemente atualizado de todas as transações ocorridas. Elas oferecem transparência por todo o sistema bitcoin, permitindo que transações sejam processadas de forma confiável e descentralizada.” – tradução livre.

Ficou confuso? Não se preocupe, quando falarmos de cada vantagem do sistema explicaremos com mais detalhes esse conceito.

Como o blockchain funciona:

Assim que uma transação é feita, as informações são enviadas para outros nós em poucos segundos, porém a validação só acontece quando a transação é processada na lista de marcas temporais¹ mantida coletivamente no “livro de contabilidade” do blockchain seguindo o sistema proof-of-work system².

¹marca temporal é uma cadeia de caracteres que define a data ou hora em que um evento aconteceu. Geralmente elas são usadas em logs de dados (registro de eventos) para armazenar informações como hora e data da criação e última modificação do arquivo.

²proof-of-work system é uma medida de segurança contra ataques virtuais. No caso do Bitcoin, o sistema utilizado é o Hashcash, que incorporou os algoritmos de mineração e tem função de melhorar a segurança.

A informação da transação vai para o bloco que está aberto.  Esse recebe informações de várias transações e elas são validadas pelos mineradores (vamos explicá-los mais adiante); quando o bloco está cheio ele é fechado e se inicia um novo bloco. O novo bloco continua a partir da última informação trabalhada no bloco anterior; sendo assim, surge uma sequência lógica de dados fazendo jus ao nome corrente de blocos (blockchain):

blockchain

Veja o vídeo que fizemos para ilustrar o ciclo de vida das informações no sistema blochain:

Quem são os mineradores:

Quando as informações estão no bloco, elas precisam ser validadas. Seria preciso um supercomputador para analisar tantos dados, ou vários computadores medianos, e com isso surge o sistema P2P.

Em um sistema convencional com servidor, as informações são concentradas em um dispositivo central com hierarquia superior.

No sistema P2P (peer-two-peer, pessoa para pessoa) esse servidor não existe, as informações trafegam entre máquinas diversas máquinas que juntas processarão os dados. Assim seria a representação gráfica da forma como esses sistemas funcionam:

sistema p2p

Mas como diria o meme “fica aí a questão”: quem são os mineradores?

Somos nós!

Cada computador é um nó da rede responsável pela interpretação de dados, os mineradores são pessoas ou até empresas que deixam seus computadores conectadas interpretando informações e recebem um pagamento por isso.

Qualquer pessoa pode minerar desde que tenha um computador suficientemente robusto, caso contrário vai gastar mais dinheiro com Internet e conta de luz, do que será capaz de minerar.

Alguém que se torna um minerador recebe uma pequeníssima parcela de bitcoin por ter ajudado no processamento da transação. Quanto mais ela consegue processar, mais ela recebe e assim vai começando a juntar sua pequena fortuna.

blockchain

Se você, ou sua empresa, se interessou pelo assunto, pode ler mais sobre os bitcoins e o porquê de eles estarem se tornando uma das mais lucrativas formas de investimento no Brasil.

Mhash/s é uma unidade para determinar o poder computacional de mineração. Veja alguns links pertinentes se quiser se tornar um minerador:

  1. Quantos Mhash/s seu computador é capaz de gerar; (conteúdo em inglês)
  2. Tabela de conversão de Mhash/s em Bitcoins; (conteúdo em inglês)
  3. Fórum para tirar dúvidas.

Agora que você já compreendeu como funciona o blockchain, vamos mostrar por que essa forma de trabalhar a informação revolucionou o sistema financeiro. Veja detalhadamente cada uma das vantagens que citamos no início do texto:

1 – Segurança e diminuição da pirataria digital:

As transações Bitcoin utilizam o sistema de pares de chaves criptográficas. As chaves são códigos necessários para “abrir” as informações. Numa transação, são formadas duas chaves:

Chave privada: Secreta, apenas os envolvidos na transação têm acesso.

Chave pública: Chave que é distribuída abertamente que o recebimento de pagamentos.

Dessa forma, as informações são enviadas de forma segura: São fáceis de ser interpretadas por quem possui a chave, e de difícil leitura para quem tenta hackear a informação.

Um carro-forte garante a segurança do dinheiro transportado até que seja aberto no banco por exemplo. Da mesma maneira, os bitcoins são enviados protegidos pela criptografia, ou seja trancados e à salvo de roubos.

2 – A redução de custos financeiros:

No sistema financeiro tradicional, a instituição que detém o dinheiro e as informações cobram fortunas para mediar as operações, o que não acontece no blockchain. Como foi dito as operações não são centralizadas, são distribuídas em vários nós (os mineradores) e com isso o custo para a mediação é muito menor.

3 – Escrituração de propriedades;

Como o sistema blockchain se organiza em uma cadeia P2P, a escrituração contábil é conjunta. Com isso, muda-se o jeito de trabalhar os registros financeiros centralizados. O sistema P2P somada a uma organização em blocos conectados torna as informações muito mais organizadas, fáceis de trabalhas e transparentes (o que quer dizer: críveis).

4 – Aumento da transparência e veracidade das informações.

Assim como foi explicado, existem duas chaves, uma pública e uma privada. Logo, por meio da chave pública qualquer um pode atestar e veracidade das informações, isso torna o processo transparente.

Diferente do registro bancário tradicional, não é preciso acreditar na informação passada pelos bancos, os próprios usuários mediam e validam.

O Blockchain é sustentável?

bitcoin

Muitas pessoas admitiram o potencial do bitcoin, mas ainda estavam incertos se o sistema blockchain atenderia os preceitos de escalabilidade.

A escalabilidade é a propriedade de um sistema conseguir manipular uma quantidade crescente de trabalho de forma uniforme, ou seja, sem perder eficiência. Essa era a preocupação, já que as informações estão constantemente crescendo e o sistema por sua fica mais complexo.

Porém surgiu uma solução em Outubro de 2016 que além de cuidar da escalabilidade, ainda valorizou a criptomoeda. A versão 0.13.1 do Bitcoin Core apresentou o Segregated Witness (SegWit).

A mudança no protocolo inicial permitiu a melhora do problema da escalabilidade. Isso tornou a programação mais flexível, com uma maior maleabilidade e aumentou o tamanho dos blocos (que agora chegam entre 1.6 a 2 MB).

bitcoin wallet

Por que tanta preocupação e um sistema tão elaborado? Simples os bitcoins são uma verdadeira fortuna. Governos e empresas estão investindo pesado!

No Brasil mais de 15mil empresas já aceitam pagamento em bitcoins. Ter um “cofrinho” cheio de bitcoins é extremamente vantajoso! Enquanto a empresa Vale caiu 42% em 2015, a criptomoeda valorizou 92%, passando de R$892,00 no primeiro dia do ano para R$1.717,00 em 11 de dezembro do mesmo ano. Em 2016 não foi diferente, o bitcoin teve uma valorização no Brasil 50% acima do Real.

Impressionante não é!? Que tal montar um ploanejamento para começar a armazenar sua fortuna? Estratégias de vendas e campanhas de marketing digital podem fazer toda diferença. Fale com a Agência Open para saber como sua empresa pode começar!


Ramon Soares
Ramon Soares

Seja o primeiro a saber

Cadastre-se para ficar por dentro das novidades do blog e da agência!


Rua Alagoas - 1160 - 6º andar CEP: 30130-160
Bairro funcionários

31 3047.2931
contato@agenciaopen.com